Este espaço publicitário pode ser seu
Primeira página  |   Publicite connosco  |   Favoritos  |   Classificados  |   Estatuto Editorial  |  Login  | Registo Terça-feira, 21 de Novembro de 2017
Actualidade Política Concelho Cultura Desporto Entrevista Participe Nós
 

Assembleia Municipal cheia de casos
Juntas PSD dão 'nega' ao líder e Marinho 'derrota' Domingos Pereira

Juntas PSD evitam crise no Orçamento da Câmara aprovando a Derrama, contrariando o sentido de voto indicado por Domingos Araújo. Domingos Pereira não quis dar a palavra a Marinho, mas o plenário, acompanhado por alguns socialistas, não concordou.

Depois de não ter conseguido que as Juntas PSD seguissem a sua orientação de voto na questão da pronúncia da Assembleia Municipal sobre a reforma das freguesias, Domingos Araújo voltou a não conseguir convencer a própria bancada que aprovou a proposta da Câmara relativa à Derrama para 2013. Domingos Pereira, antes da votação, avisou os autarcas que a receita deste imposto era fundamental para a concretização do Orçamento para 2013, lembrando as obras que estão prometidas para as freguesias, e essa argumentação parece ter sido mais convincente do que a disciplina de voto.

Mas o ambiente na Assembleia Municipal de sexta-feira aqueceu antes, com Manuel Marinho a pedir a palavra para responder às acusações do vice-presidente da Câmara, durante a apresentação do documento. Domingos Pereira, que estava como presidente em exercício devido à ausência de Costa Gomes, seguiu as pisadas do presidente e votou a dizer que não dava a palavra ao vereador independente, porque, segundo o socialista, tal seria subverter a democracia. Costa Araújo levou a questão à votação do plenário, contra a vontade da maioria da bancada PS, mas esta acabou por ser aprovada, com 3 votos contra dos socialistas, entre eles Manuel Mota, cada vez mais afastado do PS de Domingos Pereira.

BE vai sozinho a eleições

Outro dos factos da noite foi o anúncio de José Maria Cardoso que teve necessidade de esclarecer, de vez, as dúvidas relativamente a uma eventual aproximação ao PS. O BE, que votou contra o Orçamento, vai mesmo sozinho às eleições autárquicas de 2013.

Leia a notícia na íntegra na edição impressa de 6 de Dezembro.

Autor: Pedro Granja
Sábado, 01 de Dezembro de 2012 - 15:04:51

Notícias relacionadas
Comentar  |   Imprimir  |   Voltar...
COMENTÁRIOS
De: Arnaldo Cunha em Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2012 às 15:04:51

Assisti à última assembleia municipal e nem queria acreditar no que houvi.
o senhor vice-presidente a dizer que não era democratico deixar falar um vereador que ele tinha acabado de atacar.
Lembrei-mo dos meus tempos de jovem e da PIDE e pensei: Será que o senhor é mesmo socialista!?

De: Anónimo em Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2012 às 15:04:51

CDS é o tipico partido dos oportunistas. Serve para o Cardosos arranjar tacho sempre que o CDS se coliga com o PSD.
O Marinho é igual ao Reis, senão não o tinha sustentado.
Resta o BE e a CDU

De: Anónimo em Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2012 às 15:04:51

Barcelos tem o que merece e o País também.
O Jornal de Barcelos, órgão de comunicação social de PS Barcelos. Propriedade de vários militantes do PS Barcelos (Duarte Nuno, Domingos Pereira, Paulo Matias, João Lourenço, João Faria etc); Que semana após semana o demonstra, na da semana passada colocava em primeira página a conferência de imprensa do PS e ignorava a do PCP( a afirmação da batota do PS não merecia primeira página) e, esta semana, volta a dar a primeira página ao PS, com a história daS JUNTAS pSD contra o líder e a vergonhosa história dos medicamentos...
Mas o que interessa é que é dado um prémio de imprensa para um órgão que é tudo menos imparcial.
A Rádio Cávado não existe e a rádio barcelos dedica-se aos discos pedidos.
O PSD está refém do passado e mantém os mesmos protagonistas. Na prática, não existe. Continua o Reis, agora sem tropas, a movimentar os caciques.
O PS está igual ao PSD de Reis. Ditadura, negócios e tachos.

De: Constantino em Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2012 às 15:04:51

Oh José Pires! A Democracia é secundária!? A violação da lei é secundária!?
Não admira que o país esteja neste estado...

De: Anónimo em Terça-feira, 04 de Dezembro de 2012 às 15:04:51

É a politica da ameaça...ele não avisou, antes ameaçou os presidentes de Junta que se queriam verbas teriam que votar a proposta a favor. É a cidadania em curso, a verdadeira democracia. Tal como não dar a palavra aos vereadores...só demonstra a incapacidade de um lidér que perante a sua ignorancia não deixa os outros falar.

De: José Pires em Terça-feira, 04 de Dezembro de 2012 às 15:04:51

Oh . Sr Constantino então a oposição ia agora contribuir para dar relevo ao que tem um significado secundário.
Resolvam é o problema da ÁGUA, HOSPITAL.

De: Constantino em Terça-feira, 04 de Dezembro de 2012 às 15:04:51

Uma oposição que não é capaz de aproveitar o desastre das afirmações de Domingos Pereira e a escândalosa ausência de costa gomes para fazer uma violenta conferência de imprensa é melhor ir de férias, porque brindes destes são únicos

De: Jornalista em Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2012 às 15:04:51

O BE perde-se nos ataques para todo o lado, apesar de ter tido das criticas mais fortes ao PS, quando o acusaram de martelar as contas, domingos pereira quase que saltava da cadeira, porque as contas continuam mesmo a ser marteladas, basta ver a diferença entre o orçamento e a conta de gerência e quando acusou a cãmara de ser um mero contabilista do que entra dos impostos e taxas e do que gasta.

O PCP foi, sem dúvida, o melhor de todos. Ataque ás contradições do PSD e à "batota do PS nas eleições" mentiram forte e feio e ainda vão deixar a câmara na falência.

Após a execução da sentença o PSD apresentará um candidato a sério e lá vai o PS desaparecer.

De: Jornalista em Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2012 às 15:04:51

O Carlos Antunes, o José Pires e outras que por aqui andam, não deveriam estar aqui a opinar no horário de trabalho, mas como adjuntos, o horário é flexivel, certamente.

A Assembleia Municipal de sexta-feira foi um momento de grande importância política.

A câmara está completamente desorientada: Domingos Pereira passou mais de metade dos 30 minutos a que tinha direito para apresentar o orçamento a atacar o Marinho.

O PSD está de rastos, Domingos Araújo e Novais são marionetas de Reis. Apesar de Nuno Reis ter feito uma boa intervenção, mas percebe-se que não tem interesse me ficar com uma câmara falida, pelo menos até ao momento em que isso se concretize, ou seja, nos próximos meses.

Manuel Marinho é fraco e tem muitos rabos de palha, mas chegou para dizer a Domingos Pereira que esta câmara não é diferente da do Reis e concretizou com os casos do MODELO, CENTROS ESCOLARES e ilegalidades no caso do Centro Escolar de Gilmonde.

O CDS é uma anedota do PSD.

De: Ferreira em Segunda-feira, 03 de Dezembro de 2012 às 15:04:51

é engraçado como se quer branquear os dois grandes escãndalos da Assembleia Municipal:

1 - Domingos Pereira dizer que cumprir a lei é subverter a democracia;

2 - Costa Gomes faltar à Assembleia em que pertendia ver aprovado o orçamento, o que é igual a dizer que um empregado faltou ao trabalho no dia em que tinha que apresentar as contas ao patrão. Num sitio a sério dava despedimento com justa causa. Pasmem-se!
Comentar  |   Imprimir  |   Voltar...
2 3 4 Seguinte »
 
 
Termos de utilização  |  Política de privacidade  |  Contactos | Informação institucional - Lei da transparência